Francisco Albano Boscatto

"Há duas coisas infinitas: o Universo e a tolice dos homens."

Textos


O AZUL

O AZUL ME REMETE AO CÉU E AO MAR...
EU NAVEGO NO AZUL
PERCO-ME NA IMENSIDÃO DAS ÁGUAS
MERGULHO FUNDO DE CABEÇA.
ÀS VEZES A VIDA ME FAZ VOLTAR À SUPERFÍCIE
AI EU VOU PARA O CÉU
EXPERIMENTO DE NOVO A LIBERDADE DOS PÁSSAROS
ASSIM SIGO CANTANDO;... ASSIM SIGO FELIZ
ASSIM SIGO NO AZUL DA VIDA
ASSIM NO AZUL DO TEU OLHAR.


Poesia feita por minha filha LETÍCIA ARRALDI BOSCATTO
Francisco Albano Boscatto
Enviado por Francisco Albano Boscatto em 20/08/2010
Alterado em 20/08/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://www.franciscoalbanoboscatto.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras