Francisco Albano Boscatto

"Há duas coisas infinitas: o Universo e a tolice dos homens."

Textos


O NOSSO FIM É O RECOMEÇO





A ESCURIDÃO TINGIU DE PRETO
A NOITE EM QUE DESFALECEMOS
NOSSOS ESPÍRITOS SE ELEVAM
DESCONHECIDOS E POR FIM SEPARADOS
CADA UM PROCURA A CURA
DE UM AMOR QUE JAMAIS FOI VISTO
É NOS DITO QUE ONDE ESTAMOS
NADA É IDÊNTICO AO QUE VIVEMOS
MAS OS PROTETORES NOS MOSTRAM
QUE É PRECISO RECONHECER
ALGO MAIOR E ABUNDANTE
QUE CECATIZARÁ AS FERIDAS QUE PORVENTURA
EXISTIREM. ENTÃO SIM PODEREMOS
USUFRUIR TODA A BELEZA QUE NOS FOI DEPOSITADA
E UNIDOS SINGRAREMOS OS MARES DO PRAZER ETERNO.

Francisco Albano Boscatto
Enviado por Francisco Albano Boscatto em 15/04/2010
Alterado em 22/04/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://www.franciscoalbanoboscatto.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras